DE NOVA LONDRINA PARA O MUNDO

por

A CIÊNCIA TRANSFORMA VIDAS: Conheça a história da Ariane, nascida e criada em Nova Londrina e hoje doutoranda em química pela UEM

"Meu nome é Ariane Regina de Souza Rossin, 27 anos, filha de Solange Marcílio de Souza (doméstica) e João Augusto Rossin (pedreiro). Realizei todos os meus estudos em escolas municipais e públicas. Sempre fui considerada uma ótima aluna (tipo nerd descolada hahahaha), mesmo conversando um pouquinho além da conta e sendo da turma do fundão."

Trabalhando na pesquisa de um curativo para câncer através da luz

Aproveitando nossa entrevista fizemos um ensaio fotográfico da nossa doutoranda "pop". Confira algumas fotos desse dia incrível em Maringá, PR

Ensaio por: @fotografei_crislazarini (instagram)

Aos 10 anos Ariane conquistou o 7º Lugar em uma olimpíada de conhecimentos gerais que ocorria na cidade de Loanda, PR. Cerca de 100 crianças participavam do evento. Aos 17 anos ganhou a inscrição do vestibular da Universidade Estadual de Maringá por ser aluna excelência do Colégio Estadual Ary joão Dresch.

"Iniciei a graduação de Engenharia Têxtil na UEM em 2010, mas acabei desistindo por vontade de cursar química. Estudei e consegui passar na Universidade Estadual do Oeste do Paraná, ingressando no ano de 2011 no curso de química bacharelado. Minha paixão pela química só foi aumentando - mesmo com as dificuldades do curso. Em 2012 passei na prova e comecei a fazer parte do Programa de Educação Tutorial - programa do governo federal - que busca a realização das atividades de ensino, pesquisa e extensão pelo graduando, melhorando a vivência da universidade no geral. Ganhava uma bolsa mensal de 400 reais, que ajudava na renda mensal, uma vez que, o curso de química bacharelado era em período integral."

Na graduação Ariane descobriu a terapia fotodinâmica - um linha de estudo que busca a necrose de células de crescimento anormal (câncer) e microrganismo via luz, sem causar qualquer dano ao paciente. "ME APAIXONEI MESMO... Busquei me aprofundar nessa área de estudo, realizando a iniciação cientifica voluntária no qual a intenção era desenvolver um curativo para Câncer e morte de microrganismos por luz. Trabalho esse apresentados em congressos nacionais e internacionais, que vai render um artigo internacional em breve."

O abraço após a defesa do Mestrado - Ariane e sua mãe Solange

"No decorrer da graduação entendi que minha vida era na pesquisa, então decidi que ao final do curso iria em busca dessa realização. Fui aceita por um professor da UEM para orientação no Núcleo de Pesquisas em Terapia Fotodinâmica. Um sonho! Porém, esse sonho quase não ocorreu por questão financeira. Depois de 1 ano lutando consegui uma auxílio de mestrado no valor de 1500 mensal, para isso eu teria que me aprofundar em algumas disciplinas e desenvolver uma pesquisa. Então decidi melhorar o que já havia pesquisado e trabalhado na graduação. Defendi meu mestrado com a presença de amigos e familiares. Momento muito feliz, uma vez que a menina que saiu do interior, lutou, sofreu por falta de grana, ficou longe da casa, dos pais e tudo mais tornando-se MESTRA em físico-química por uma universidade prestigiada mundo a fora: a UEM"

Banca avaliadora - Defesa Mestrado (Ariane ao lado de sua mãe Solange)

Perguntamos para Ariane como ela enxerga o futuro da ciência: 

Espero que a população apoie a ciência e as universidades que são redutos de ciência. Tudo ao nosso redor é ciência, desde a roupa que vestimos ao alimento que comemos.

Mas o que é ciência, Ariane?

"Tudo é ciência! Temos que aprender a valorizá-la, até porque o que somos e onde chegamos só foi possível com o avanço da ciência. Lutar por uma ciência digna é lutar por um país desenvolvido." - Afirma a pesquisadora

Além de pesquisadora ela também é mãe da linda Catarina! Uma "doguinha" muito esperta que foi adotada há mais de um ano. "Castrada e muito feliz ela faz a alegria da casa" - Comenta.

Catarina nasceu no dia do natal: 25/12 do ano de 2017. "Ela é muito amada por todos que a conhecem. Ela é cheia de luz e energia". Ah, e a Catarina é digital influencer e tem até um instagram

Muito fashion, né?

E sim, ela participou do ensaio também!

Esperamos que você tenha gostado de acompanhar mais uma história inspiradora aqui no nosso site! Jovem, mulher, filha de pedreiro e empregada doméstica e que vai se tornar doutora daqui 3 anos. Empoderamento, garra e muita força de vontade. Essa matéria fala sobre AMOR. Em todas as formas.

E se você quiser saber mais sobre a linha de pesquisa da Ariane basta mandar um email pra ela: ariane.rossin@hotmail.com


Deixe seu comentário e sugestão de matéria aqui com a gente! Sua participação é muito importante pra gente!

Compartilhe esse artigo